quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Espreita

A formosura de tua forma balançava entre os galhos da Árvore do Conhecimento
Disforme, presa por diamante e ouro
Liberta por rubi e prata

Teu jubilo tão sereno confinado na violencia
Forjando as tempestades que viriam
A guerra nos Céus

Teu nome o sussurro embriagado do ermo
Que segue espelhado e límpido
Entre a astúcia e a armadilha

Foge!
Para longe
Onde deus algum que não ti mesma a encontre

Chora os desígnios secretos de tua mãe
Para fora da Morada Santa
E de fora no profano para dentro as maravilhas, somente as maravilhas

Para parecer
Para ser
Para tornar-se.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Mérito

Desperto a cada amanhecer
Sempre pronta para realizar mais uma parcela do sonho que minh'alma sonha
O sonho lesbiano refletido no mênstruo onírico do pesadelo de meu Deus
Eu me apaixono como uma mulher
Sem medo
Porque o que para muitos é uma dádiva condenada ao conformismo
Para mim é o destino mais almejado
E conquistado aos pedaços
Com o labor que forja os desígnios estendidos de eternidade a eternidade
Os desígnios secretos de uma natureza indiscutível
A natureza da alma.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Advento [Yellow Flowers] 17 de janeiro de 2007

As estrelas da terra

O abalar de toda estrutura

Um “Novo Éden”

Onde o Anjo ascenda

Onde a cobra voe

Onde a costela seja reintegrada

Onde a alma seja liberta do corpo

Onde a realidade seja o sonho mais amado

A Luz de nosso olhar

A Sombra de nosso toque

O Apocalipse a cada entardecer



quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Supernal Nourishment

"Uma magnífica vulva abriga o olho de um proíbido deus,
O mênstruo e o prazer contido,
Flamejantes e perpétuamente...
...Para fortalecer"

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Fraqueza e Olhos Áridos

Estou ficando sem forças pra lutar, o ideal parece distante demais, estou literalmente triste. Vou me ausentar de algum modo de tudo, não sei como, mas vou, preciso... Quero me isolar, mas sei que tem pessoas a contar comigo nas alegrias e nas tristezas, não sei até onde aguento.

Será que as pessoas que dizem me compreender realmente compreendem? Com relação a algumas não tenho dúvida, quanto a outras parece-me que entendem de uma maneira errada.

Preciso sentir uma fração da plenitude, preciso saber que vou chegar; e se não: me basta morrer.

Não estarei preparada para ir adiante, em todos os sentidos, enquanto não tiver completado a transição, fato!

"Inverno aqui dentro
Inferno ali fora."

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

...

Queria ser o Amor.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Cultivar a Beleza...

...Como a mais cara rosa.



Dia estranho, oscilante demais...

Mas já estou melhor, cuidando da aparência, relaxando a mente; só o cigarro atrapalha! :P

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Infantia

Quando eu vou crescer?

Quando irei cansar de fazer papel de adulto?

Será que eu realmente quero crescer?

Queria mesmo é ser criança pra sempre...


"Dolorosamente,
As flores do mal estão desabrochando
No frio do canto mais escuro do Éden"

"Ó eu que tanto sofro
Sou mesmo a causa do sofrimento de outrem"

sábado, 5 de janeiro de 2008

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Questionamentos sobre a adversidade

Muitas pessoas devem se perguntar o porque da nessessidade do indivíduo transexual desejar modificar o corpo de modo que se enquadre num contexto socialmente exaltado, o da mulher e do homem 'gostosos', já que independe de fatores sociais o fato de as caracteristicas anatomicas determinarem o genero de alguém, mas porque a adequação corpo-mente deveria obedecer os padrões perpetuados pela sociedade machista e consumista na qual vivemos?
Bem, é um fato triste(?) que muitos transexuais se deixam influenciar por padrões de comportamento que os tornam vítimas de sua própria condição, eles mesmos acabam apresentando tais comportamentos atiquados (o machismo sendo o mais evidente). Entre os transexuais masculinos (FtM), ao meu ver, há uma conscientização maior quanto a isso. Muitos podem entender isso como algo que ateste que o nosso gênero biológico influencie nosso modo de pensar, socialmente falando, mas não! O fato é que as vezes somos levados a agir de acordo com o papel que a vida nos apresenta para sobrevivermos e juntarmos forças para a realização pessoal num momento mais oportuno, isso me parece bastante inteligente!

A minha opinião sobre mim mesma é a seguinte: eu, como transexual que estou, vivo numa fase transitória, e é dificil para algumas pessoas levarem a sério, principalmente aquelas que apreciam-me como um garotinho sensível, que não vêem nessessidade de eu querer mudar fisicamente. Mas este é o único caminho para eu ser uma pessoa plena capaz de lidar tanto com as coisas agrádaveis como com as nem tão agradáveis da vida da melhor maneira possível.

Todo ser humano possui um homem e uma mulher dentro de si, mas o desempenho desse feminino e masculino em cada um difere e determina o comportamento do indivíduo, algo que nem sempre corresponde às espectativas dos outros no modelo de vida perfeito mas ineficiente chamado 'sociedade-atual'.

Estou trabalhando isso agora para não ser vítima de mim mesma e não perpetuar valores que dificultem a vida de outras pessoas incompreendidas, para compreender aquilo que eu achava que poderia ignorar para sempre, mas mas não pude.


O objectivo da vida é fazermo-nos evoluir a nós próprios. Descobrir perfeitamente a nossa própria natureza – é para isso que cada um de nós está aqui.” -Oscar Wilde- , “O Retrato de Dorian Gray”.

A Cicatrização Luminosa

Feridas escuras
Queimando na velocidade da Luz

Nós devoramos rapidamente
E o sabor se esvai

É como a batida falha do coração partido
E remendado por fadas entorpecidas

A medicina envenenadora de sonhos
Pode nos fazer despertar

Nós devoramos um ao outro
E você sabe que eu sou o perigo que percorre a sua espinha como um calafrio

Eu não vou ferir mais nem uma parte de mim
Que eu te dei

Agora eu sou um problema seu também
A caixa está aberta para que observe o mal definhar

Não conte a verdade comigo
Conte para mim.

"Sob a linguagem do poeta jaz a chave do tesouro". Nizami

A linguagem do Artista, que mente e revela, resguarda e presenteia, é assim, una, não dual, mas completa.

'Ihy Maut! Ankh-na-Maat.'

"Ele que é iluminado com a mais Brilhante Luz moldará a mais Escura Sombra; Ele que é iluminado com a mais Escura Sombra brilhará com a mais Brilhante Luz."
-A. D. Chumbley-