domingo, 21 de setembro de 2014

Bendito é o teu ventre, Óshun!

Saúdo a providencia da nossa Amorosa Mãe, Óshun
Saúdo a excelência da tradição do Habilidoso, Ogun
Na adversidade não tarda e não falha
Mãezinha de Ijesha
Que gerou aquele que é invencível nas batalhas
Senhor de Ire
Que virtudes legou àquele, Ologun-édé
O pilar cuja força é o sustento de vosso povo
O protetor que assegura nossa paz
A paz que assegura nossa prosperidade
É muito ilustre
É muito brilhante
Assim ele é
Assim ele faz

Ashé Ashé Ashé

Nenhum comentário:

"Sob a linguagem do poeta jaz a chave do tesouro". Nizami

A linguagem do Artista, que mente e revela, resguarda e presenteia, é assim, una, não dual, mas completa.

'Ihy Maut! Ankh-na-Maat.'

"Ele que é iluminado com a mais Brilhante Luz moldará a mais Escura Sombra; Ele que é iluminado com a mais Escura Sombra brilhará com a mais Brilhante Luz."
-A. D. Chumbley-